Alguns sonhos a gente vai adiando, adiando, até que um dia nos damos conta do tempo que estamos perdendo.

No começo do ano fiz uma oficina de escrita criativa com a professora Solimar Patriota. Foi ótimo ter feito essa oficina, pois reacendeu em mim o desejo de, não só escrever, mas de publicar o meu livro. Eu sempre fui dada a escrita, principalmente poesias. Eu tenho uma alma lírica e já tentei disfarçar isso, mas é o que eu sou.

Entre 15 e 16 anos publiquei três textos e achava que talvez eu tivesse algum talento. Minha professora de literatura na época, Shirlane Ferro, dizia que eu tinha um dom e me recomendou nunca parar de escrever. Mas então a vida passou como um trator sobre mim. Muitas coisas foram acontecendo e o sonho foi empurrado.

Então, após fazer o curso que citei no começo de nossa conversa, eu decidi: era o momento. Fui recolhendo poesias que eu tinha aqui e acolá, inclusive uma que já vi republicada em vários sites e fiquei surpresa em ver que já tinha até tradução em espanhol para essa.

Depois de reunir todas as poesias, comecei a caça por uma editora. Eu estava realmente disposta a pagar para publicarem meu livro e mandei a obra para muitas e muitas. Achei muitas editoras legais como a Impulso visual e a Scortecci que têm equipes super atenciosas, entretanto a editora Autografia mostrou interesse em  publicar a minha obra e eu fiquei um passo mais perto de realizar o meu sonho.

Então, logo estarei publicando o meu primeiro livro e, espero sinceramente, que seja apenas o começo.

10660360_495617277248267_2302085751346900053_n

Só pra dar um gostinho, vou deixar aqui a minha poesia que já vi em vários blogs pela internet e que estará também no meu livro (e acho que tem tudo a ver com o momento).

CRER
É preciso crer.
É preciso acreditar no impossível, para torná-lo possível.
É preciso acreditar que podemos, mesmo que digam que não.
É preciso acreditar que somos bons, até que as outras pessoas achem,
mas ,antes de tudo, temos de ser egocêntricos a ponto de acreditar que somente nossa opinião basta.
É preciso crer que existe cura.
É preciso crer que para todo problema há solução,
este é o começo.
É preciso acreditar no amor, mesmo nunca tendo o vivido em sua plenitude.
É preciso crer em sua fé,
para que a vida tenha algum sentido, mas, além disso,
é preciso acreditar nos próprios objetivos.
É preciso crer que é verdade que não existe meta inalcançável.
É preciso crer no caminho que se segue,
olhando para frente sem se preocupar com que está além do que os olhos podem ver.
É preciso acreditar que não é necessário olhar para trás.
É preciso crer. A crença faz os milagres.

Assim que houver a data da publicação, dia e local do evento de autógrafos, irei divulgar aqui no blog. Por enquanto, estou apenas muito ansiosa.

Beijos e carinhos, fiquem com Deus.


11 Comentários
Simone

A Escritora - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2014