Eu havia gostado muito de Garota Exemplar e quando disseram que A Mulher silenciosa seria sua sucessora, eu não pensei duas vezes para comprá-lo, mas admito que foi uma decepção.

O livro conta sobre a deterioração do casamento de Jodi e Todd. Ela é uma mulher diferente das convencionais, é psicóloga e, apesar de dois mestrados e um doutorado, optou por atender seus clientes em casa e “orbitar” o esposo. Todd é um infiel que acaba de sair de uma crise de depressão e encontrou seu renovo na jovem Natasha, filha de seu melhor amigo. O caso dos dois culmina em uma gravidez que abala as estruturas de Todd, uma vez que este desejava ser pai, mas ter filhos nunca esteve nos planos de Jodi. Ele decide deixar a esposa para se casar com Natasha e Jodi fica completamente perdida, sendo tirada de sua rotina “marido-e-mulher”.

Boa parte do romance paira nas dúvidas de Jodi e Todd sobre o relacionamento que cultivaram durante vinte anos. Em muitos pontos da narrativa, Jodi fala sobre correntes da psicologia, principalmente sobre os adlerianos. Em algumas partes há um “flash back” sobre a jovem estudante Jodi e suas sessões de terapia, na qual ela deixa algumas pistas sobre sua família que não era tão perfeita.

Eu particularmente esperava mais da obra e dos personagens. Todd me pareceu em boa parte do romance um tarado e Jodi uma mulher cheia de problemas de relacionamento. Eu, ao ler a sinopse do livro, tinha a expectativa de ver uma mulher planejando minuciosamente cada passo para o assassinato perfeito. Caso sua expectativa seja essa também, melhor não lê-lo. Entretanto, para quem gosta de dramas psicológicos, talvez seja uma leitura interessante.

Sinopse: Jodi e Todd estão juntos há 20 anos e aparentemente, levam uma vida invejável. Todd é um empreiteiro bem-sucedido que pode bancar alguns luxos, como o enorme apartamento com uma vista deslumbrante para o lago,um Porsche (dele) e um Audi (dela) na garagem, e o estilo de vida de Jodi.
Psicoterapeuta, ela atende em casa apenas dois clientes por dia, e tem tempo de sobra para as sessões de pilates, as aulas de arranjos florais, os passeios com Freud, o Golden Retriever do casal, e o preparo das refeições gourmet de que tanto gosta. Jodi ainda fica ansiosa ao ouvir a chave do marido abrindo a porta. Todd diz que nunca encontrará uma mulher igual a ela.
Essa fachada perfeita, porém, está prestes a ruir. Todd é um adúltero incurável, e Jodi sabe disso. Ela é a esposa silenciosa, preparada para tolerar as traições do marido com o intuito de manter as aparências. Até que Todd sai de casa – para viver com uma mulher com metade da idade dela, filha de seu melhor amigo. Magoada, humilhada e, por fim, financeiramente abalada, Jodi começa a contemplar o assassinato como uma opção razoável.
Contado alternadamente nas perspectivas dele e dela, A Mulher Silenciosa é um livro sobre um casamento à beira do fim, um casal na direção da catástrofe, concessões que não podem ser feitas e promessas que não serão cumpridas. Um thriller psicológico sofisticado, que seduz o leitor desde a primeira página.119195731_1GG (1)

 


Comentários
Simone

A Escritora - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015